Deputado João Oliveira questionou Governo sobre encerramento da estação dos CTT de Mora e Cabeção

Criado em quinta, 18 outubro 2018, 11:15

A privatização dos CTT inscrita no Pacto de Agressão assinado por PS, PSD e CDS com a troica estrangeira e depois concretizada pelo Governo PSD/CDS continua a revelar-se como já se adivinhava: trágica para o país que perdeu o serviço público postal e trágica para as populações – em particular do interior – que ficaram entregues à sua própria sorte perante uma empresa privada que atende apenas os seus lucros sem preocupações com as consequências das decisões que toma.

O exemplo mais flagrante dessa realidade é o anúncio de uma nova vaga de encerramento de estações dos CTT no Alentejo, designadamente em Mora, perante a passividade do Governo PS que assiste impassível a estas decisões sem as travar.

Fazendo cálculos exclusivamente quanto aos lucros da sua atividade, a administração privada que tomou conta dos CTT decidiu que os seus lucros estão acima dos direitos das populações do concelho de Mora e tomou a decisão de encerrar a estação.

Registe-se que idêntico juízo foi feito relativamente à estação de Cabeção, deixando as populações dos concelhos limítrofes sem aquele serviço postal e sem alternativa.

 

Não é admissível que o Governo faça declarações proclamatórias sobre o desenvolvimento do interior e do mundo rural e depois assista impávido e sereno à destruição do serviço postal, ao abandono das populações, à destruição de instrumentos de coesão territorial e social como é o serviço de correios, tudo em nome do lucro da empresa privada que tomou conta dos CTT.

Não é admissível e exige-se que o Governo assuma as suas responsabilidades, trave este processo, inverta o caminho de encerramento de estações dos CTT e diminuição do serviço prestado às populações e assegure o investimento no serviço público postal correspondente à sua consideração como alavanca de desenvolvimento, designadamente retomando o controlo público dos CTT.

Assim, ao abrigo das disposições legais e regimentais aplicáveis, solicito através de V. Exa, ao Ministério do planeamento e Infraestruturas os seguintes esclarecimentos:

1 – Como avalia o Governo a decisão de encerramento da estação dos CTT em Mora e Cabeção?

2 – Que avaliação faz o Governo quanto aos impactos desta decisão no agravamento das assimetrias regionais e no abandono do interior e do mundo rural?

3 – Foi dado conhecimento antecipadamente ao Governo daquela decisão? Quanto e que

resposta foi dada?

4 – Que medidas adotou ou vai o Governo adotar para travar esta decisão, defender o serviço postal e as populações de Mora e Cabeção?

Palácio de São Bento, 10 de outubro de 2018

Deputado(a)s

JOÃO OLIVEIRA(PCP)

BRUNO DIAS(PCP)

Temos 86 visitantes e sem membros em linha

Copyright © 2019 Organização Regional de Évora do PCP. Todos os direitos reservados.
Joomla! software livre. Licença GNU GPL.
Monday the 25th. Joomla Templates Free. Organização Regional de Évora do PCP
Copyright 2012

©

joomla visitors